Pessoas são instáveis, vagarosas e egoístas. Não são confiáveis, em absoluto. Um dia te abraça e te beija, no outro abraça e beija outro. Qual a necessidade de se manter alguém assim por perto senão por masoquismo e a própria insegurança? Você quer fazer parte de algo. Eu quero estar fora de tudo. E você diz que não vivo por eu não querer me rodear de semelhantes que lutam para ser diferente… de uma maneira igual. Veja bem, a sua concepção de vida da minha se provam bem controversas. Quem

Eu me perco dentro das coisas facilmente. Dentro de hobbies, objetivos, sentimentos e pessoas. Eu me perco porque provavelmente nunca me encontrei. Eu me procuro. Sei onde estou, mas me procuro em outros lugares. Medo de me achar, talvez? Eu me perdi em você. Me perdi enquanto me procurava. No meio do caminho, eu te baguncei. Eu tirei suas coisas do lugar e não devolvi, derrubei seus ornamentos e empurrei os móveis. Perturbei sua calmaria. Sinto muito. Eu tenho esse péssimo hábito que toma o controle de mim quando não

Me peguei consolando meu melhor amigo esses dias porque ele dizia que se sentia péssimo sendo a “pessoa horrível” que ele era. Então parei para me questionar o que é ser uma pessoa horrível. Dado o contexto da conversa, nesse caso ser uma pessoa horrível era ser aquele tipo de pessoa que se importa mais consigo mesma que com os outros. E pessoas assim são chamadas de horríveis porque terceiros não conseguem suportar a ideia de que você seja mais importante para si mesmo que elas. Eu sou uma pessoa

Amo meu blog, eu amo escrever aqui e amo esse espaço. Acredito que isso nunca tenha sido segredo para ninguém, mas vez ou outra eu vejo um padrão se repetindo: eu estabeleço um nicho, aí meus gostos mudam, e de repente eu me limitei tanto que o que eu quero e tenho para falar já não cabe aqui. Afinal, o que meus leitores de literatura e artigos de opinião vão querer ver resenha de jogos, e os desenhos que eu costumo assistir ou os quadrinhos que leio? Houve dias que

Tem algo bonito na nossa tristeza. Eu não sei bem o que é, mas consigo sentir claramente a diferença dela pras outras tristezas que compartilhei. É difícil definir, mas acho que tem algo bonito nessa nossa história esburacada. Um sorriso, um afago um sentimento compartilhado e separado. Não sei dizer muito bem o que eu acho desse sentimento, imagina deduzir o que você concluiu. Eu só sei que tem algo bonito nessa nossa tristeza. Sei disso porque não importa que meu peito esteja sendo comprimido a ponto de a dor

1 2 3 57 Page 1 of 57